sábado, 13 de outubro de 2007

Fusão dos corpos...

Segundo a mitologia grega, a humanidade era constituída pelos Andros (de entidade masculina composta por oito membros e duas cabeças), pelos Gynos (de entidade feminina de características semelhantes aos andros) e pelos androgynos (compostos por metade masculina, metade feminina). Eles exprimiam a totalidade, o poder, o ser absoluto. Com o decorrer do tempo, estes conseguiram superar os deuses em várias artes. Os deuses, com inveja, revoltaram-se. Então, como castigo, Zeus separou-os com os seus raios. Cada um foi cortado em duas partes, passando a sentirem-se mais fracos e incompletos. Estes seres mutilados passaram a procurar em toda a parte a sua cara-metade, a sua alma gémea.

Sempre que se encontram, ainda hoje, a atracção é tão forte, que os corpos desejam restaurar a antiga perfeição, entrelaçando-se e tentando fundirem-se. No entanto esta fusão é sempre momentânea e condenada a desaparecer, para que a identidade sobreviva e cada um possa continuar como um ser individual.

12 comentários:

lua prateada disse...

Pois é amiga...corpos que se entrelaçam por breves momentos...é assim,quão gostariamos de por vezes ficassem assim para sempre mas...Bem miga como vais tu passando?Quando quiseres passa no meu cantinho ...saudades tuas!Beijinho prateado da
SOL

lua prateada disse...

Obrigada miga pela visita!...fiquei feliz de saber de ti.Parte ...vai ...segue essa estrada que é só tua e de tua alma gemea.Beijinhos prateados da
SOL

Fallen19 disse...

Há um musical rock, intitulado Hedwig e a Origem do Amor, que tem uma música baseada nesta teoria. É muito cool!

Na Palma da Mão disse...

Isso explicaria muita coisa ...
Aquele beijo

O Sibarita disse...

A mitologia Grega é algo extraordinário, faça fé! Gosto muito e seu texto está correto!

bjs
O Sibarita

*©õllyß®y disse...

Na mitologia grega,ha historias extraordinárias como esta...gostei de ler...

Doce beijo e um sorriso do meu olharIndiscreto_______

Lais disse...

Triste

O Sentir dos sentidos disse...

Mas é mesmo um prazer, uma delícia enorme vir até aqui fazer leituras de tão belos textos.
Encanta-me...cada vêz mais.
Saudades tuas...te espero tá?

Beijo Consentido,

efeneto disse...

O que vês tu, para além daquilo que eu vejo?

Branco?! Azul?! Mar?!

Eu vejo Vida!

Sentes aquilo que eu sinto
E aquilo que eu quero?

Aquilo que eu quero é aquilo que eu vejo e sinto...PAZ!

[?]

Essa paz, na companhia de quem mais desejarem, é o que eu vos desejo para este fim-de-semana.

Um beijo a quem é de beijos e abraço a quem é de abraços.

Mel de Carvalho disse...

Talvez nesta busca da outra metade, nesta busca incessante, nos percamos e percamos a busca de nós mesmos...
E, amiga, enquanto não nos encontrarmos, seres singurales e inteiros, não nos podemos doar a ninguém.o

Muito bom o teu post. Muito grata pela tua presença nos meus blogs.

Beijinho
Mel de Carvalho
www.noitedemel.blogs.sapo.pt
www.maresiademel.blogs.sapo.pt

enrabacuriosos disse...

Na mitologia grega não havia bichonas... No entanto, os gregos faziam grandes orgias com rapazinhos... Eram uma cambada de enrabadores de criancinhas.

O Profeta disse...

Venho deixar-te duas gotas de puro orvalho
recolhidas na lagoa, três folhas de mandrágora
e o feitiço da lua que aprisionei no meu querer…

Sei que lhes vais dar bom uso

Doce beijo


Mágica noite