terça-feira, 7 de agosto de 2007

Sonhar...nem sempre em sonhos!!



Já estou a ser invadida pela necessidade de dormir, mas resta-me ainda a necessidade de invasão da vontade de dormir. Quero sonhar acordada, poupando horas ao tempo num sono. Quero sonhar com o disponível em memória.

(...)


Contudo, no sonho pouco partilhado por mim, em corpo repousado, sinto-me mais verdadeira do que quando acordada, enquanto juíza acordada, sempre que nego os sonhos.


Sinto-me mais povoada em sonho dormido. Deixo as outras pessoas visitarem-me livremente nos sonhos. Deixo as pessoas que coabitam em mim ressuscitarem nos sonhos. Nunca sonharíamos se fossemos um ser único, acreditem. Quero acreditar. Gosto de acreditar.
Deixo sonhar a promessa do impossível, porque sei que me privo dele assim. Deixo ter ilusões em sonhos.


Quero acordar e lembrar-me do que sonhei. Sem memória nada existiu. Não quero sonhos descartáveis; senão prefiro sonhar acordada com o disponível em memória. Ora deixem-me sonhar acordada!! ora deixem-me sonhar a dormir e lembrar-me do que sonhei!!

20 comentários:

O Sibarita disse...

Ai meu Jesus! E tem dormida melhor que essa? tem não... kkk

A foto já é uma poesia e casa perfeitamente com o texto, demais!

bjs
O Sibarita

Palma disse...

Pensamentos desenfreados
Senhores e escravos ao mesmo tempo!

efeneto disse...

[...]prefiro sonhar acordada com o disponível em memória.[...]Soberbo. Realmente soberbo este sonhar acordado dormindo, ou sonhar a dormir acordado. Ao alcançe de pouca gente esta narração perfeita da ideia que se quer transmitir. Quando alguem vier aqui terá que vir com a mente vazia de pensamentos e ideias pois daqui a levará cheia de "palavras" para meditar...cada vez mais gosto de vir aqui...um beijo de amizade como sempre especial...

simplesmente...eu* disse...

...que todos os teus sonhos sejam sempre lembrados para serem recordados com o valor devido... que seriamos nós sem sonhos?
Simplesmente...um beijo carinhoso

Kalinka disse...

Também eu gostaria de acordar e lembrar-me do que sonhei, mas isso NUNCA acontece...

A minha alma está vazia,
o meu coração muito triste,
deixo-te uma poesia
da querida Sophia.

A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.
A hora da partida soa quando
as árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.
Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.

Beijitos.

Menina do Rio disse...

Nossa!!! Uma pessoa nenhuma vivendo num caos...
Desculpe, mas é só uma obrservação.

Dormir e sonhar...Bom seria poder transformar sonhos em realidade, ao acordarmos

carla granja disse...

olá! entrei no teu blog e aki fiquei a lêr este teu sonho ou a dormir ou acordada. eu gosto mais de sonhar acordada pq acordada sou eu k comando os meus sonhos e a dormir posso ter algum pesadelo e acordar assustada. se kiseres passa no meu blog e lê o meu ultimo sonho. tenho poemas todos escritos por mim , mas saotodos muito diferentes acho k têm poemas pa todos os gostos por isso acho k vais gostar de pelo menos um. bjo
http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt

vida de vidro disse...

Gosto de sonhar acordada porque nunca me lembro dos sonhos que tenho a dormir.
Belo texto que até parece escrito assim como se "ao correr dos dedos". Mas tem um excelente tratamento das palavras. **

Josse disse...

Pudesse viver um sonho bom, dentro de uma bolha.Por um bom tempo...
Gostei muito.
Bjs

efeneto disse...

“Um dia decidi ser rico…
Procurei ouro em mil rios do mundo
Mas …não resultou!
Plantei mil hectares de notas
E nada cresceu…
Esburaquei meio planeta à procura de petróleo…
E nada encontrei!!!
Quando estava prestes a desistir…
Lembrei-me que tinha já em minha posse
A maior riqueza do mundo!
A tua …
…AMIZADE!”

Bom fim-de-semana amigo(a)...

pessoa nenhuma disse...

bons sonhos a todos....
até breve...
distribuo beijos a todos com um sopro na mão...

lua prateada disse...

Lindo teu poema ....é tão bom poder sonhar assim...também me acontece e sei como é bom.Sonha amiga pois é do sonho k nasce a realidade!Beijinho com carinho da
SOL

efeneto disse...

...apenas um beijo, e bom feriado na assunção da amizade...

efeneto disse...

Neste momento,
Ponho-me a pensar a quão complexa
E intrigante é minha amizade.
Esse laço fraterno que não se sabe muito bem
Onde nem o momento certo em que se inicia,
Realmente é mais do que fantástico.
Vá ao meu “Grito” buscar o que lá tenho para si,
Antes que me arrependa...(risos)...

Beijo/Abraço intrigante e complexo...

pessoa nenhuma disse...

simplesmente obrigado efeneto...
agradeço-te também no teu cantinho...até já doce leitor e poeta...

efeneto disse...

...ora seja bem vinda ao Clube dos Poetas Trabalhadores, (risos).
Quero que saiba uma coisa em relação aos prémios, faço sempre aquilo que o meu coração/consciência me diz...beijo de amizade e ponha-se a "apanhar" as palavras que tem dentro de si...
Ao trabalho!!! Já!

Elza disse...

Olá!!
Estou passando por aqui para dar meus parabéns
pela sua indicação, ao prêmio blog 5 estrelas!
Seu blog é muito original, parabéns 2x!
rsrs...
=]

efeneto disse...

Aproxime-se mais.
Tente sentir do que
Um abraço é capaz.

Quando bem apertado
Ele ampara tristezas,
Sustenta lágrimas,
Combate incertezas,
Põe a nostalgia de lado.
É até capaz de amenizar o medo.
Se for cheio de ternura
Ele guarda segredos
E jura cumplicidade.

Um abraço amigo de verdade
Divide alegrias e se
Apraz em comemorações.
Abraços
São pequenas orações de fé,
De força e de energia.

Olhe para o lado:
Há sempre alguém que
Quer ser abraçado e
Não tem coragem de dizer.
Enlace-o.
O pior que pode acontecer
É ganhar de volta um sorriso de carinho
Ou quem sabe, uma palavra sincera.
Você vai descobrir
Que ninguém está sozinho
E que a vida pode ser
Um eterno céu de primavera.

Um bom fim-de-semana
Na companhia de quem mais [o/a] abraça...

efeneto disse...

...de caminho para a praia passei por aqui para espreitar a foto (risos) e para deixar um beijo de amizade...fui...

O Profeta disse...

Sem asas o pássaro fica preso
À terra prenhe e fria, a nostalgia
Sonhas com anjos negros no azul
Voando ao fim do dia


Profético beijo