sexta-feira, 23 de agosto de 2013


O sonho da tua presença ocupa espaço deixado pela vastidão da saudade largada pela distância da tua presença. Hiatos em mim ficam intumescidos pelo sonho até quase preenchidos, mas quando resvalo para a descrença decaio  até inflamação já caquética.

4 comentários:

Tó Palma disse...

Hoje lembrei-me...e voltei a ler-te. Que bom que é.
Aquele beijo.

pessoa nenhuma disse...

beijo

pessoa nenhuma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pessoa nenhuma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.